Brincadeiras para a Páscoa

Muitas brincadeiras tradicionais que envolvem o coelho podem fazer parte das aulas de movimento. As brincadeiras são interessantes e podem ser realizadas com utilização de materiais simples e baratos.

A caça ao coelho

073e177f1ab1475c967a6f67b18c64ab

Iniciamos a brincadeira com uma carta gigante do Coelho da Páscoa dizendo que ele está na escola fazendo uma entrega especial ( bombons, ovinhos, chocolate, pão de mel). Nesta carta o coelho nos conta que esteve na sala de aula, mas que agora foi para o lugar onde, por exemplo, as crianças comem o almoço. As crianças respondendo “refeitório”, iremos ate o refeitório, onde as crianças encontrarão o outro recado do coelho, levando assim a um terceiro lugar.

Vocês podem utilizar 4 ou 5 lugares diferentes ( recomendaria 5 lugares diferentes, sendo o último o local onde a professora deixou os presentinhos de páscoa). As crianças adoram quando percebem que o coelho deixou para elas este presentinho.

Corrida de Nariz

Divide-se as crianças em grupos de 4 a 5 pessoas. Cada grupo será então um time. Os times devem ficar atrás de uma linha divisória ( linha de partida), e no centro do local desenha-se um círculo de mais ou menos 50 cm de diâmetro. Para a primeira criança de cada time, será dado um ovinho de chocolate ( ou de isopor ). Para começar o jogo, após ouvir o sinal combinado ( por exemplo ouvir o apito), a primeira criança de cada time ajoelha-se e começa a mover o ovinho até o círculo desenhado usando apenas o nariz.Vence a equipe que conseguir colocar primeiro o ovinho do último aluno do time.

Coelhinho sai da toca

O professor deve utilizar bambolês (caso não tenha este recurso,  pode-se desenhar os círculos no chão) e espalhá-los pelo chão, na mesma quantidade do número de crianças. Cada criança deve ficar dentro de um bambolê. Quando ouvirem o professor falar “Coelhinho sai da toca”, as crianças devem trocar de toca. A cada rodada um bambolê deve ser retirado, então as crianças deverão dividir suas tocas até que sobrem apenas 1 ou 2 tocas (depende do número de crianças participando).

Existe a versão tradicional da brincadeira, onde coloca-se o número total de bambolês com 1 unidade a menos do que os participantes. Assim sempre terá um coelhinho sem toca, que deverá ficar no centro e tentar pegar a toca de outra criança.Veja abaixo algumas fotos e um vídeo explicando melhor a brincadeira.

Para ver algumas fotos, visite o endereço http://migre.me/pcjDW

Para ver um vídeo da brincadeira tradicional:  https://www.youtube.com/watch?v=7I74T3b6v-w

Salto do Coelhinho

O professor precisa desenhar no chão uma linha, onde todas as crianças ficarão. Paralela a esta linha,usando uma barbante bem comprido,o professor deve representar uma linha paralela a primeira. As crianças deverão pular de uma linha a outra como se fossem coelhinhos. O professor poderá aumentar a distância entre as linhas apenas mudando o barbante de lugar. A distância deverá ser aumentada conforme o nível motor de cada turma.

Caça aos ovos

Os professores precisarão de ovinhos de chocolate. Uma quantidade de ovos é escondida em diferentes locais da escola ou da casa. As crianças terão um tempo programado ( 10, 15 minutos) para procurar os ovos e trazê-los até o local indicado ( uma cesta ou sacola). Cada criança receberá um mapinha com indicações dos lugares onde existem os ovos escondidos ou pode-se fazer em equipes utilizando locais diferentes para cada time. Quando todos os ovos forem achados, deve-se dividi-los igualmente entre as crianças.

Um grande abraço a todos !

Anúncios

Cookies com pepitas de chocolate recheados com Nutella

cookie-recheado-nuttela

Bem gente, descobri essa receita deliciosa que com certeza vão fazer as crianças muito, mas muito felizes.É uma receita de cookie super fácil de fazer e ainda você pode contar com o auxílio das crianças para executá-la . A receita original está em inglês, porém tive a ajuda do meu tradutor particular ( meu marido) para torná-la acessível a todos. Aí vão os ingredientes:

Ingredientes:

–  1 “barra” de manteiga a temperatura ambiente.

–  2/3 de xícara de açucar

–  2 ovos

–  1 colher de chá de essência de baunilha

–  2 xícaras de farinha de trigo

–  1 colher de chá de bicarbonato de sódio

–  Pepitas de chocolate ( ou chocolate em pedaços)

Modo de Preparo:

Colocar a manteiga e o açúcar na batedeira e bata até fica cremoso. Adicionar a mistura os 2 ovos e a essência de baunilha. Bater tudo até ficar homogêneo.

Em outro recipiente, colocar as 2 xícaras de farinha de trigo e o bicarbonato. Misturar bem a farinha com o bicarbonato.

Adicione aos ingredientes molhados apenas 1/2 da mistura dos ingredientes secos (farinha com bicarbonato) e reserve a outra metade. Misture com uma espátula. Depois de mexer bem, coloque a outra metade dos ingredientes secos e misture até ficar com aparência de massa para biscoito (parece massinha de modelar). Acrescente as pepitas ou os pedaços de chocolate e misture delicadamente.

Untar a forma com manteiga (ou usar papel manteiga) e, utilizando uma colher de sopa como medida, faça bolinhas com a massa. Coloque a bolinha na palma da mão e achate um pouco formando um tipo de panqueca ( ou massa de pizza) mais gordinha e no centro coloque um pouco de nutella ( cerca de 2/3 de colher de sopa rasa). Vá aos poucos fechando o cookie pelas laterais de forma que o recheio fique no interior do biscoito ( o cookie ficará meio arredondado).

Coloque na assadeira e deixe espaço entre os biscoitos. Coloque em forno pré-aquecido a 180 graus e deixe assar por cerca de 12 a 15 minutos. Deixe esfriar um pouco e se delicie !

Mas para que não haja dúvidas, vou acrescentar o vídeo da receita original em inglês, pois uma imagem vale mais do que mil palavras !. https://www.youtube.com/watch?v=hVb_dXfK44E

Um abraço a todos !!!

Livro do Beleléu

Livro Beleléu

“Para quem ainda não conhece, Beleléu é um monstrinho muito fofo que aparece quando ninguém está vendo e troca as coisas de lugar. Ele é muito brincalhão, porém não gosta de coisas bagunçadas e jogadas no chão. Tudo que está no chão ele pega pra ele e não devolve mais.”

Bem, o Beleléu surgiu em minha vida a cerca de 4 anos, quando precisava estimular as crianças a guardarem os brinquedos após as brincadeiras em sala de aula. Como qualquer criança, é delicioso brincar, mas eles não são muito fãs de arrumar depois. Com a utilização da história do Beleléu, acabou-se os problemas de arrumação e eu recomendo a todos os professores e pais com crianças em idade pré-escolar.

Também existem outros livros do Beleléu, como por exemplo Beleléu e as cores, Beleléu e os números e Beleléu e as formas.Todos são do autor Patrício Dugnani , e da editora Paulinas.

E para quem quiser apreciar a história, encontrei um vídeo de uma contadora de história que fala desta história. https://www.youtube.com/watch?v=xu970vBT-5k

Abraços  todos !!!!!